A cláusula compromissória é convenção autônoma ao contrato em que inserida. Estipula que eventuais litígios que possam surgir decorrentes do objeto contratual devam ser submetidos à CMATRA. Diferente do compromisso arbitral, a cláusula compromissória é anterior ao surgimento de conflitos e deve ser estipulada por escrito, podendo estar no próprio contrato de trabalho ou em documento apartado que a ele se refira. Dentre as mais diversas formas, destacam-se alguns modelos de sua inserção em contratos:

“As partes elegem a Mediação como meio prévio e obrigatório de solução para as controvérsias que venham a surgir entre elas, oriundas ou relacionadas à presente relação trabalhista, inclusive as relativas à interpretação, validade, eficácia, execução e a qualquer forma de extinção do presente contrato, concordando expressamente que a gestão do conflito será feita pela Primeira Câmara de Resolução Extrajudicial de Conflitos Trabalhistas do Rio de Janeiro– CMATRA, de acordo com as disposições do seu Regulamento que estiverem em vigor na data do início do referido procedimento. Caso a tentativa de consenso não logre êxito e as partes decidam submeter a controvérsia à tutela judicial ou arbitral, poderão, a qualquer tempo, ainda que iniciado o processo judicial ou arbitral, retomar o procedimento de Mediação, hipótese em que requererão ao juiz ou ao árbitro a suspensão do respectivo processo por prazo suficiente para a solução consensual do conflito. Se a controvérsia não tiver sido solucionada dentro do prazo acordado no Termo de Participação assinado para o início ou reinício da Mediação, a controvérsia será submetida à resolução por meio de Arbitragem, a ser administrada pela Primeira Câmara de Resolução Extrajudicial de Conflitos Trabalhistas do Rio de Janeiro– CMATRA aplicando-se o correspondente Regulamento.”

OU

"As questões decorrentes deste contrato serão dirimidas por arbitragem administrada pela Primeira Câmara de Resolução Extrajudicial de Conflitos Trabalhistas do Rio de Janeiro – CMATRA e realizada segundo seu Regulamento. O local da arbitragem será a cidade de.... "

OU

"Toda e qualquer controvérsia que possa surgir da interpretação ou da execução deste contrato será resolvida por um ou mais árbitros, de acordo com os termos do Regulamento da Primeira Câmara de Resolução Extrajudicial de Conflitos Trabalhistas do Rio de Janeiro– CMATRA."

OU

"Todas as controvérsias decorrentes do presente contrato, de sua execução e liquidação, serão resolvidas, em definitivo, nos termos do Regulamento da Primeira Câmara de Resolução Extrajudicial de Conflitos Trabalhistas do Rio de Janeiro– CMATRA, por um ou mais árbitros nomeados.”